Quatro aspectos

Prática de cura

A prática básica do USUI SHIKI RYOHO é o autotratamento, a colocação das mãos do aluno em seu próprio corpo diariamente, por alguns minutos ou mais, para um tratamento completo, o qual pode levar uma hora ou mais. Além disso, o aluno pode receber o pedido para um tratamento, o que inclui tratamento na família e amigos e receber tratamento de alguma outra pessoa. Quanto mais o aluno praticar, mais óbvia é a cura que ocorre em geral.

Desenvolvimento pessoal

A prática do Reiki toca e nutre a essência de nosso ser e encoraja o aluno em seu desenvolvimento humano. Pode começar com algo tão simples como tornar-se mais sensível à necessidade nutricional do corpo resultando em uma mudança na dieta. Mudanças também podem acontecer ao descobrir e curar traumas emocionais reprimidos, despertar talentos pessoais inatos, aprofundar a capacidade de nutrir relacionamentos ou encontrar e desenvolver um trabalho que seja a mais verdadeira expressão do autêntico self do aluno. Tudo isso não acontece sem dor ou desconforto, mas com Reiki, o aluno também tem a habilidade de chegar a um conforto profundo e criar uma profunda confiança no processo da vida.

Disciplina espiritual

Essa expressão se refere à experiência comum de um aluno quando iniciado na prática. “Sinto-me como se tivesse voltado para casa”. Esse aluno não está se referindo a um local físico, mas a um lugar dentro de si chamado espírito, o aspecto não físico do ser humano. Com frequência aprendemos a não considerar a nutrição dessa “casa” e, portanto, chegamos para a prática do Reiki desconectados ou inconscientes da importância de nosso eu espiritual. A prática pede a cada aluno escolher muitas vezes por dia entre a “maneira como tenho sido” e o “caminho que serve todo o meu eu, espírito e corpo físico”. Essas decisões requerem disciplina interior. A questão de nosso significado e propósito como seres humanos é abordada durante a nossa prática. O que verdadeiramente traz felicidade e realização? Todas as religiões, filosofias e tradições espirituais do mundo abordam essa questão. A prática do Usui Shiki Ryoho desperta no aluno uma maior consciência e vivência de sua essência espiritual levando a um desenvolvimento do eu autêntico. Essa e outras questões que surgem no aluno são abordadas por meio de vivências do dia a dia e da conexão com a própria espiritualidade.

Ordem mística

Neste momento, para nós, a definição de Ordem Mística é um grupo de pessoas que compartilham uma prática comum que as leva através da experiência, a uma realidade além do universo dos cinco sentidos. Embora a prática do Reiki use o sentido do toque, a qualidade desse toque pode nos levar a um lugar de união e comunhão consigo mesmo, com os outros e com a essência da vida. Os alunos experimentam diretamente por meio da prática e interconexão de ser e se despertam para a experiência de uma realidade muito maior, que vai além do que é comumente conhecido.

© Office of the Grandmaster – All Rights Reserved